31 de julho de 2021

Amigos pedalam 1755 km entre Campinápolis (MT) e Aparecida (SP)

Em menos de um mês, o grupo ‘Bikêros do Cerrado’ saiu do Vale do Araguaia percorrendo as mais belas paisagens do país e atravessando quatro estados.

190
0

A paixão por pedal e aventura uniu quatro amigos moradores da região do Vale do Araguaia em uma jornada de 1755 quilômetros entre as cidades de Campinápolis, em Mato Grosso, e Aparecida, em São Paulo. Em menos de um mês, o grupo ‘Bikêros do Cerrado’ pedalou pelas mais belas paisagens do país atravessando quatro estados.

Em 2019, o servidor público barra-garcense Wilmar Barbosa Cruz, 39 anos, o administrador Frances Moreira de Queiroz, 34, o pintor Sidney Divino Dias, 39, e o técnico em enfermagem Aparecido Mendes dos Santos, 39, estes três de Campinápolis decidiram arrumar as malas, amarrá-las nas próprias bicicletas e pegar a estrada, o chamado ‘Bikepacking’. Esta modalidade de pedal consiste em viajar carregando somente o essencial e acampar no meio do percurso.

A AVENTURA

Valéria Cruz, irmã de Wilmar, conta que ele e os amigos saíram de Campinápolis no dia 1º de maio cortando os estados de Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais e São Paulo, com o objetivo inicial de chegarem à cidade de Paraty, no Rio de Janeiro, ainda neste sábado (22). No entanto, a viagem foi encerrada em terras paulistas após o famoso Caminho da Fé – um trajeto até o Santuário Nacional de Nossa Senhora de Aparecida, no município de Aparecida.

Na última sexta (21), eles chegaram ao santuário emocionados na exata Hora do Ângelus – o tocar dos sinos das igrejas para destacar a popularmente chamada “hora da Ave-Maria“. De lá, retornam para suas cidades e trabalhos nessa segunda-feira (24).

O grupo atualiza familiares, amigos e admiradores por meio das redes sociais com fotos inspiradoras das paisagens, dos acampamentos e até mesmo dos perrengues da viagem.

Sem incentivo financeiro, os cicloviajantes costumam acampar entre uma cidade e outra, mas a maneira como corajosamente têm se aventurado levou amigos e entusiastas que os acompanham a criar um grupo no WhatsApp para ajudar com pequenas contribuições usadas para hospedagem em pousadas e alimentação.

“Em todos os detalhes, em cada curva da estrada, nas mais inesperadas experiências, o nosso Criador mostrou estar sempre nos acompanhando. Nossos corações estão em festa, e agradecemos imensamente àqueles que, desde a forma mais singela, até aos que nos ampararam nos momentos mais difíceis, nos deram força para continuar. Obrigado, Deus! Obrigado aos nossos amados familiares! Obrigado, atenciosos amigos! E obrigado a todas as novas amizades que somente o pedal poderia nos trazer!”, escreveu o grupo.

Esta e outras jornadas do Bikêros do Cerrado podem ser acompanhadas pelos perfis no Instagram:

https://www.instagram.com/bikerosdocerrado/
https://www.instagram.com/tite_mtb/
https://www.instagram.com/sidneyursinho/
https://www.instagram.com/moreirafrances/
https://www.instagram.com/malabi.bg/

Comentários

comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Open chat