24 de fevereiro de 2024

ULTRAMACHO em aldeia indígena pela primeira vez na história de MT

Atletas mato-grossenses e de outros estados foram recebidos pela etnia Paresi, em Campo Novo do Parecis

713
0

Depois de um ano de planejamentos, conversas e ajustes, 500 atletas de trail e de Mountain bike (MTB) participaram de uma das provas mais inusitadas do atletismo em Mato Grosso, o UTM Wazare. Realizada na aldeia indígena Paresi, em Campo Novo dos Parecis, a corrida reuniu atletas de 35 municípios mato-grossenses e de seis estados do Brasil, fazendo com que o dia 31 de julho de 2022 entrasse para a história do atletismo do estado.

O objetivo do ULTRAMACHO, ao realizar a prova na aldeia Wazare, foi o de proporcionar aos participantes uma experiência de contato com a cultura indígena e também com a natureza da região central do estado de Mato Grosso, visitando locais belíssimos proporcionados pelos rios da região de Cerrado, conectando natureza, esporte, turismo e competitividade, em conjunto com a preservação e conscientização ambiental.

A organizadora do ULTRA, Maria Rita, explicou que a partir do momento que conheceram o Cacique Rony Pareci, a aldeia e o propósito do povo Paresi de aproximação das culturas, sentiram que realizar um evento no local era mais que um dever, era uma questão de poder proporcionar uma experiência totalmente nova aos atletas. “Na verdade, fazer um evento lá dentro para que as pessoas tivessem oportunidade de viver isso, de entrar em contato com a cultura Paresi, e não é só correr, não é só pedalar, é uma coisa que transcende isso, é espiritual, essa conexão com a natureza lá, ela é muito forte e a gente queria levar isso para os atletas, oportunizar aos Ultras viver isso!”, ressaltou.

Maria Rita agradeceu a todos que se esforçaram para poder participar da prova, que contou com os trechos de 5 e 11km de trail run, e de 25km (Ciclo turismo) e 50km (ULTRAbike). “Teve gente que rodou mil e poucos quilômetros para estar lá. As pessoas se hospedaram na cidade, as pessoas foram acampar na aldeia, se deslocaram de longe pra viver isso e acredito que todo mundo foi impactado e entendeu o porquê da gente fazer lá dentro”, afirmou.

Para o Cacique Rony Pareci, o evento foi incrível e inesquecível. “O grandioso evento do ULTRAMACHO espetacular, foi magnífico. Ele alcançou todas as expectativas no sentido principal, de fazer a agregação, a valorização e a difusão da questão da manutenção e preservação do meio ambiente, da valorização e respeito da questão cultural e da diversidade sociocultural que nós temos no nosso município, em nosso estado, em nosso Brasil. E agregando através da parte esportiva, que é a parte que também transpira e traz saúde”, enfatizou.

O Cacique lembrou que tudo foi realizado de forma equilibrada e respeitosa, com todas as classes sociais, idades e gêneros, transformando o evento em um momento único, com uma grande energia resultante dessa agregação de pessoas. “Essa aproximação nos fez sentir como verdadeiros seres humanos, independente da cor, da raça e da nacionalidade, sentindo a energia circular entre nós, numa explosão de alegria e felicidade para todos.
Parabéns ao ULTRAMACHO por realmente sempre estar inovando e construindo uma história realmente recheada de alegria e de felicidade. Isso traz saúde física, saúde emocional, saúde psicológica e saúde espiritual. É isso que nos fortalece como seres humanos verdadeiros”, completou o cacique.

A prova contou com a participação do campeão mato-grossense de Montain Bike Elite, Italo Júnior Felleti. “Eu gostei muito dessa etapa do ULTRAMACHO. sempre é um enorme prazer correr essa clássica corrida Mato-grossense que a cada edição cresce mais. Achei muito interessante onde a base foi montada, trazendo a cultura dos povos indígenas, levando a interação dos competidores com os índios e podendo aprender um pouco da suas histórias e culturas. Sempre muito bem recebido pela organização e staffs”, afirmou.

O evento

Antes das competições começarem, todos os atletas foram convidados ao centro da aldeia Wazare, onde foi formada uma grande roda indígena e, sob o canto do Cacique Rony, foi pedido energia e proteção a todos os presentes.

Todos os trechos, tanto trail quanto do MTB foram realizados em vários tipos de terreno como, trilhas, matas e até mesmo a passagem por dentro das águas do Rio Verde.

Desafio Senta a Pua

As inscrições para a próxima prova do ULTRAMACHO já estão abertas. A ULTRAMACHO Senta a Pua será realizada nos dias 8 e 9 de outubro, com provas de MtB e de trail run. As provas de ULTRAbike (45 km) e de Cicloturismo (14km) acontecerão na manhã do sábado (08 de outubro) e as de trail run, nas distâncias 6 km, 12 km e 21 km, serão realizadas na manhã de domingo (09 de outubro).

Considerado o maior evento de corrida de trilha do Centro Oeste, o ULTRAMACHO Senta a Pua surgiu em 2014 e é uma homenagem ao Dia do Aviador, comemorado em outubro.
Senta a Púa significa ir para cima, com tudo e foi eternizado como grito do 1º Grupo de Aviação de Caça da Força Aérea Brasileira na Segunda Guerra Mundial.

Não fique de fora, se inscreva agora!

 

REPORTAGEM: DANI DANCHURA

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui