3 objetivos para continuar correndo enquanto não se pode competir

Crie novos objetivos que não envolvam a linha de chegada e um número de peito

1185
0

Desde a virada do ano os atletas iniciaram o período de base para participar das provas de 2020. Montaram o calendário, traçaram objetivos e começaram a treinar focados. Mas aí veio a pandemia e cancelou as provas planejadas. Com isso, milhares de pessoas tiveram um motivo a mais para aumentar ansiedade e depressão: a falta de motivação para fazer atividade física. Para que treinar se não se pode competir?

Calma. A ideia aqui é justamente te ajudar a pensar fora da caixa. Por isso, apresentamos três objetivos bacanas para você treinar enquanto não pode competir:

Corra SEM tecnologia

Muitos de nós corremos com relógios de corrida para acompanhar estatísticas essenciais, como pace, distância e frequências cardíaca. Mas correr “nu” ou sem tecnologia é uma experiência totalmente diferente e libertadora, que pode parecer um pouco estranha a princípio, mas você ficará grato depois de tentar.

De vez em quando, é bom desintoxicar-se da tecnologia. Já abordamos isso várias vezes. Ir para a natureza ou off-line é terapêutico. Você descobrirá que é menos tentado a seguir um certo ritmo e, em vez disso, é mais provável que corra ouvindo as muitas dicas do seu corpo”

Embora você possa se perguntar o quão rápido ou longe você está correndo, esta é uma oportunidade para se tornar melhor em sintonia com seu corpo, se afastar um pouco e realmente se desconectar. Pense nisso como a oportunidade de se conhecer melhor.
Corra por tempo, não por distância. Enquanto você estiver correndo pela sensação e com uma taxa confortável de esforço percebido, ficará mais sintonizado com os esforços relativos, pois terá que confiar no feedback constante do seu corpo em relação ao tempo e distância que normalmente mede. seu relógio ou aplicativo GPS.

Baixe seu recorde pessoal no “1k”

Os corredores de longa distância podem zombar da ideia de correr um único quilômetro, mas se você estiver disposto a trabalhar e acelerar o ritmo, correr 1k pode ser um objetivo desafiador.

Também existem boas razões para fazê-lo. Irá melhorar sua economia geral de corrida, que pode render a cada distância dos 5k a maratona. Além disso, acelerar o ritmo pode te ajudar a melhorar a forma de corrida. Muitos corredores tendem a mudar sua técnica para uma mais refinada para ir mais rápido. Se você pode traduzir alguns desses parâmetros (oscilação vertical, cadência e tempo de contato com o solo) do ritmo de 1k para o ritmo da maratona, mesmo um pequeno aumento na cadência o tornará mais eficiente.

Para estabelecer um parâmetro pratique este objetivo sempre no mesmo lugar. Aqueça e depois corra 1k o mais rápido possível para encontrar sua linha de base (apenas se aqueça antes e escolha um trecho de estrada em que possa repetir o esforço).

Dependendo do atleta, é possível reduzir de 30 a 40 segundos durante dois meses de treinamento, mas há outras coisas a ter em mente: Um quilômetro pode parecer pouco, mas muitas vezes as pessoas saem rápido demais e quebram antes de completar. Por isso é importante dosar a velocidade e resistência.

Corra em novos lugares

Novamente, você quer ter certeza de que pode fazer isso com segurança agora. Por isso é importante saber quais as recomendações sanitárias para o lugar a que pretende ir.
Ainda assim, sair para novas áreas dentro de sua própria cidade e estado e diversificar sua rota pode ser o segredo para injetar mais alegria em seus treinos. Tente experimentar um novo local por semana, dependendo de onde você mora, vale a pena dirigir por um caminho curto para desfrutar de uma corrida ou rota diferente.

Mas lembre-se das regras de segurança e higiene. Além disso, seja auto suficiente em tudo. Evite necessitar de transporte de terceiros, leve sua própria comida e bebida. Circule por lugares seguros, não se coloque em risco e tenha certeza de que possui informação suficiente para desbravar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui