21 de fevereiro de 2024

ULTRAlista – 10 aplicativos gratuitos para bicicleta

Eles irão te ajudar a melhorar o desempenho, fazer a manutenção da bicicleta, criar rotas, compartilhar informações da pedaladas e garantir uma hospedagem na casa de um ciclista

2753
0

O que não falta é funcionalidade. Veja as dicas, comente sobre os aplicativos e se quiser indicar algum para incrementar essa lista é só nos escrever.

Confira:

1-Strava
Um dos aplicativos mais populares entre os ciclistas, o Strava funciona como uma rede social. Disponível em português e na versão gratuita, entre suas funcionalidades ele permite monitorar o treino com GPS, onde informa velocidade média, distância, altimetria, trajeto, batimentos cardíacos e calorias que foram queimadas. Seu grande diferencial é que ele permite cadastrar o desempenho do ciclista num determinado trecho e faz um ranking de todo mundo que já passou por ali, promovendo uma competição entre os ciclistas. Disponível para iOS e Android.

2-Endomondo
O aplicativo gratuito criado por três amigos dinamarqueses é muito difundido na Europa. Ele mostra o mapa do trajeto, altimetrias, velocidade média e calorias queimadas durante a pedalada. A cada quilômetro percorrido é emitido um aviso sonoro. Quem não quiser pedalar sozinho, pode desafiar outros ciclistas virtualmente num determinado trecho. Disponível para iOS e Android.

3-Mountain Bike Runtastic
Direcionados para os ciclistas de montanha o aplicativo gratuito permite acompanhar os circuitos e trilhas, monitorando o progresso do treino e comparando o desempenho com outras pessoas cadastradas no aplicativo. Ele informa distância, velocidade, altimetria, ritmo, calorias queimadas e muito mais. Conta com mapas off-line e mostra as condições do vento e do clima. Disponível para iOS e Android.

4-Map My Ride
Similar aos demais ele informa a rota, tempo, distância, velocidade, ritmo e calorias queimadas durante a atividade. Permite compartilhar o treino pelas redes sociais ou transferir os dados para o site. Disponível em diversos idiomas. Disponível para iOS e Android.

5-LiveRider
Um completo computador de bordo que funciona melhor quando acoplado na bike. Ele tem 15 funções, tais como sensor de cadência, indicador de calorias, potência, modo Chase, entre outros. Permite que o ciclista transfira os dados por email, transforme-os em planilha e elabore gráficos para ter informações sobre seu desempenho. Disponível para iOS.

6-Bike Map
Ideal para o ciclista que quer descobrir novas rotas. Ele conta com mais de 1.500.000 trajetos em todo o mundo. Basta escolher a distância desejada a ser percorrida, o ponto de partida e ele te dará opções de trajeto próximas. Possibilita cadastrar as rotas e compartilhar com os amigos. Disponível para Android.

7-Treinamento de Ciclismo
O aplicativo gratuito é ideal para quem já pedala e quer melhorar sua performance e também para quer começar a treinar. Ele traz vídeos de treinos de força e resistência, dicas de manutenção da bike, rotinas de treinos indoor e muito mais. Disponível para Android.

8-Bike Unchained
Nada como um joguinho pra relaxar de vez em quando. Neste aqui é possível montar uma equipe, explorar trilhas incríveis de 60 pistas e disputar um lugar no pódio contra a equipe rival Praedor. Há diversas manobras mortais, freestyle e trilhas incríveis de mountain bike. Dá para curtir a bicicleta mesmo quando não estiver pedalando. Disponível para Android.

9-Bike Map
Para quem não gosta de fazer sempre o mesmo percurso e adora descobrir novas rotas, o Bike Map contém mais de três milhões de roteiros em 80 países, incluídos pelos próprios ciclistas, e permite encontrar caminhos a partir de uma série de filtros de pesquisa. Você pode avaliar as rotas e compartilhar os dados com outras pessoas. Na versão paga, o aplicativo permite a navegação offline, o que proporciona economia no consumo de seu plano de dados. Disponível para iOS e Android.

10-Warm Showers
“Air BnB dos ciclistas”, o Warm Showers tem como proposta promover a troca de hospitalidade, sugerindo que o ciclista viajante que se hospeda gratuitamente na casa de um colega ciclista posteriormente também receba outros viajantes em sua casa. O requisito mínimo para o anfitrião é oferecer um local para dormir, que pode ser um sofá, cama ou mesmo o quintal para o cicloturista acampar, e um chuveiro para um banho (dái o nome Warm Showers). Não é preciso pagar para se cadastrar no Warm Showers e o mesmo não permite que o dono da casa exija remuneração pela estadia, mas sugere que o visitante leve algum agrado em forma de agradecimento: uma garrafa de vinho ou especialidades de sua região, por exemplo. Disponível para iOS e Android.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui