10 de maio de 2021

Bike: como consertar um pneu furado

2624
0

No pedal, um dos contratempos mais comuns que você pode enfrentar é o pneu da bike furar. Quando isso acontece, se  souber consertar, pode resolver o problema e continuar pedalando; se não souber, ou não estiver preparado, o jeito é pegar suas coisas e voltar para casa. É o fim da sua aventura de MTB.

Você sabe como resolver problemas com pneu da bike furado? Então, chegou a hora de aprender! Preparamos uma lista com dez dicas que vão ajudá-lo na hora do aperto. Confira!

1. Não saia despreparado

Tudo fica muito mais fácil se você levar os equipamentos básicos com você quando for pedalar. Câmara reserva, kit de remendos, espátula e bomba de CO vão ajudar muito para resolver problemas com pneu da bike furado.

Um dos motivos mais comuns para o ciclista deixar essas ferramentas em casa é receio de que carregar uma mochila atrapalhe sua experiência na pedalada. Se você pensa assim, pode optar pelos alforjes, que ficam presos à bicicleta e permitem levar itens importantes sem precisar de mochila.

Outro motivo é o simples esquecimento. Nesse caso, vale a pena criar um checklist de itens essenciais. Faça uma lista e, sempre que for sair para uma aventura de mountain bike, verifique se não está deixando nada para trás.

2. Retire a roda

Não é uma boa ideia tentar resolver problemas com pneu da bike furado sem tirar a roda. Você pode acabar danificando outra peça da bicicleta acidentalmente. Então, retire a roda e deixe a bike apoiada em algum lugar, enquanto faz os consertos necessários para seguir em frente.

Para tornar esse processo bem mais fácil, vale a pena investir em blocagens de rodas do tipo Quick Release, que facilitam a retirada.

3. Preste atenção aos freios e marchas

No caso do pneu afetado ser o traseiro, você precisa estar atento aos freios e marchas antes da desmontagem. Desarme o freio e troque a marcha para a posição em que a corrente tenha menor tensão.

4. Retire a câmara de ar

É importante tirar a câmara de ar usando a espátula apropriada e, com cuidado, passar a mão por dentro do pneu. O motivo é que pode haver algum pedaço de vidro, madeira ou outro material que ficou alojado entre a câmara e o pneu; se você não encontrar e descartar esse elemento, ele vai furar novamente a câmara de ar.

5. Decida entre remendar ou trocar a câmara

Existem duas alternativas para resolver problemas com pneu da bike furado. Se a câmara de ar não estiver muito danificada, você pode fazer um remendo. Para isso, existem materiais específicos, os selantes. Por outro lado, se você não tem tempo para fazer o remendo com cuidado ou se o dano foi mais grave, o correto é trocar a câmara de ar.

Enquanto a troca da câmara de ar é uma alternativa mais cara, ela também é a solução mais segura.

6. Encha um pouco a câmara de ar antes de recolocar

A recolocação da câmara de ar pode ser difícil se ela estiver completamente vazia. Por isso, o truque é encher a câmara levemente, então encaixar no pneu, e depois terminar de encher.

Outra recomendação importante é tomar cuidado com a calibragem. Alguns ciclistas mantêm a calibragem dos pneus mais baixa, para evitar que a bicicleta “quique” demais em terrenos mais acidentados ou para aumentar a aderência em trilhas na chuva. Ao fazer isso, no entanto, aumenta a probabilidade de furos “mordida de cobra”, que acontecem quando os dois lados do aro batem em um obstáculo e mordem a câmara de ar por baixo.

7. Pratique em casa

Se você realmente nunca precisou resolver problemas com pneu da bike furado, não deixe para encarar a situação quando realmente acontecer. Pratique antes os passos que você viu nesse post, pois será mais fácil resolver suas dúvidas em casa, onde você pode facilmente pesquisar o jeito certo de executar cada processo, do que no meio de uma trilha. Se você tiver um amigo mais experiente no ciclismo, aproveite para pedir a ajuda dele nesse “treinamento”.

8. Aposte em uma fita antifuro

Nem tudo se resume a resolver o problema depois que ele aconteceu; você também pode tomar medidas para evitar problemas com pneu da bike furado. Uma das medidas mais simples é usar uma fita antifuro, um tipo de fita adesiva aplicada entre o pneu e a câmara de ar, formando uma barreira que reduz a probabilidade de furos.

9. Mude para os pneus tubeless

Pneus tubeless são aqueles que não têm câmara de ar. O pneu é inflado normalmente pela válvula, mas não tem uma câmara por baixo, apenas o próprio ar e um líquido selante apropriado, que impede que ele escape. À medida que as rodas giram, o selante escorre pelo pneu e passa pelos furos. Desde que o dano não seja muito grande, isso é o suficiente para que você possa continuar pedalando, sem ter que parar e fazer reparos.

Porém, o sistema tubeless não tem apenas vantagens. A montagem é mais trabalhosa e o preço é superior ao uso tradicional da câmara de ar. Portanto, antes de fazer a troca, considere as duas opções com cuidado.

10. Fique atento à trilha

O ciclista precisa estar atento à trilha. Não deixe seu desejo de aventura ultrapassar o seu bom senso. Se enxergar um obstáculo exagerado, evite passar por cima. Lembre-se: não se trata apenas de cuidar da sua bike, mas de evitar situações desnecessariamente perigosas, que podem levar a acidentes.

Um pneu de bike furado é algo comum no ciclismo, mas, seguindo essas recomendações, esse contratempo não precisa terminar com você empurrando sua bicicleta de volta para casa.

Comentários

comentários

Time ULTRAMACHO é formado por profissionais sempre em busca de trazer até você o melhor conteúdo sobre esporte de aventura, natureza, turismo e qualidade de vida. Quer ver algum conteúdo específico que não encontrou aqui. Entre em contato e faça uma sugestão de pauta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui