31 de julho de 2021

Exercício físico: como começar

268
0

Grande parte das pessoas ficou meses em isolamento social. Muitos ainda estão. Nesse período, tentamos mudar hábitos, mas nem sempre é fácil criar uma rotina. Se você sente vontade de fazer atividade física, mas não sabe como começar – ou como manter esse hábito – queremos ajudar!

Como começar a praticar exercícios físicos

Parece clichê, mas é verdade: o primeiro passo para praticar atividade física é querer. Chegando aqui, você já deu um grande passo!

Preparamos um miniguia com 10 dicas para ajudar você, olha só:

  1. Iniciantes devem começar com atividades mais leves. Vá aos poucos e aumente a intensidade ou o ritmo com o passar das semanas;
  2. Vale chamar quem mora com você ou algum amigo para entrar nessa também, mesmo que seja cada um em sua casa: assim vocês motivam um ao outro!
  3. Crie metas realistas para si mesmo. Você não vai ser atleta na primeira semana, e tudo bem. Fazer algo é melhor do que não fazer nada;
  4. Use o tempo dos afazeres domésticos para se exercitar se preferir. Coloque uma música e deixe o corpo se mexer;
  5. Sua prática deve ser regular para ter efeito na saúde. No mínimo 30 minutos por dia, cinco vezes na semana é a recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS);
  6. Respeite os limites do seu próprio corpo. O incômodo muscular no começo é normal, mas se estiver sentindo muitas dores, como na região lombar, por exemplo, algo está errado;
  7. Se sua cidade está em quarentena, procure por exercícios que possam ser feitos em casa. Se está em processo de reabertura, dê preferência para lugares abertos;
  8. Procure lugares próximos à sua casa se for treinar em academias. Não depender de grandes deslocamentos facilita a manutenção do hábito;
  9. Alongamento também é um exercício importante. Separe um momento ou alguns dos dias de exercício para essa prática;
  10. Mantenha o corpo hidratado, o suor faz o organismo perder água.

E, se você funciona melhor com prazos, vale determinar dias e horários fixos da semana para fazer seus exercícios. Do contrário, faça na hora que tiver tempo, pois o importante é praticar! O autoconhecimento é fundamental nessa hora.

Viu, só? Atividade física não é um bicho de sete cabeças. Foque nos benefícios que a prática vai trazer para seu corpo e sua mente que o processo fica mais fácil.

Benefícios da atividade física para a saúde

Já que a motivação é parte fundamental na adoção de um novo hábito, apresentamos vários benefícios para lembrar você de que o exercício físico é fundamental para sua saúde!

O primeiro é o condicionamento físico. A prática regular de exercícios ajuda seu corpo a ter mais disposição. Ela também melhora o sistema imunológico.

A atividade física regular ainda diminui o risco de doenças cardiovasculares (do coração) e ajuda no combate a doenças crônicas. A redução de acúmulo de gordura corporal também é importante e evita a obesidade.

As vantagens não são só físicas, mas também psicológicas! Fazer exercícios reduz o estresse, melhora o humor e promove a sensação de bem-estar com a liberação de hormônios benéficos para nosso organismo.

Treino em casa para iniciantes

Que tal aprender alguns tipos de exercícios fáceis de fazer que não dependem de academia?

  • Dançar na sala;
  • Levantamento de peso com saco de feijão;
  • Caminhada;
  • Pular corda;
  • Elevação dos joelhos alternados com cotovelos;
  • Agachamentos;
  • Subir e descer escadas;
  • Polichinelos;
  • Alongamento;
  • Prancha;
  • Jogar videogames que estimulam movimentos.

São várias opções que não dependem de academia, algumas não precisam nem de um equipamento, só do seu corpo! O melhor: esses exercícios podem ser feitos por iniciantes ou por quem treina há bastante tempo, a intensidade é o que manda.

Evite lesões na prática de exercício

Se você vai fazer exercícios por conta própria, seja em casa, seja na rua, é importante tomar alguns cuidados para evitar lesões.

  • Dê preferência para exercícios que já conhece e tem familiaridade;
  • Siga treinos divulgados por profissionais da área na internet, como aplicativos e canais no YouTube;
  • Pratique com moderação e sempre comece com baixa intensidade;
  • Não encerre os exercícios do nada, vá diminuindo o ritmo;
  • Se já tem lesões, não faça nada sem a indicação de um médico;

Pronto, você está preparado para adotar este hábito! Temos certeza de que vai fazer muito bem a você.


Esta matéria foi extraída do portal da Unimed Cuiabá
Para ler essa e outras informações acesse aqui.
Texto: Agência Babushka | Edição e Revisão: Unimed do Brasil
Fonte: Ministério da Saúde, OMS, G1
Revisão técnica: equipe médica da Unimed do Brasil

Comentários

comentários

Time ULTRAMACHO é formado por profissionais sempre em busca de trazer até você o melhor conteúdo sobre esporte de aventura, natureza, turismo e qualidade de vida. Quer ver algum conteúdo específico que não encontrou aqui. Entre em contato e faça uma sugestão de pauta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Open chat