24 de fevereiro de 2024

Entenda porque o homus é tudo de bom!

2159
0

Homus tem sido um alimento culinário nas nações do Oriente Médio durante séculos. Tradicionalmente, os principais ingredientes são uma mistura de grão-de-bico (tahini, pasta de gergelim), azeite extra virgem, suco de limão fresco, alho e sal. Embora muitas marcas agora vendam homus com “sabores”. O melhor homus vem do uso do grão de bico seco, mas usar a versão em lata é um atalho adequado.

Mas Homus é saudável?

Homus é um lanche verdadeiramente saudável, combinando proteínas, fibras e gorduras saudáveis. Pessoas que comem regularmente homus tendem a ter maior ingestão de fibras, bem como uma enorme quantidade de nutrientes, incluindo ácido fólico, magnésio, potássio, ferro e vitaminas A, E e C, de acordo com um estudo de 2016.

A base de homus é feita de grão-de-bico, rico em proteína vegetal e fibra, tornando-o uma boa opção de lanche que combate a fome. Uma porção de duas colheres de sopa de humus irá fornecer aproximadamente duas gramas cada de proteína e fibra.

Recentemente, um estudo no American Journal of Clinical Nutrition mostrou que pessoas que seguiam uma dieta saudável com a ingestão regular de leguminosas – como o grão-de-bico – tinham menor probabilidade de ganho peso durante um período de quatro anos, quando comparadas com indivíduos que seguiam uma dieta vegetariana “não saudável”, que incluía alimentos mais processados.

Além disso, o grão-de-bico contém uma gama de nutrientes essenciais, incluindo ferro, magnésio, potássio, zinco, cobre, manganês, selênio, vitamina B6 e até mesmo vitamina C. E como o grão-de-bico tem baixo índice glicêmico, é um carboidrato de liberação lenta de açúcar na corrente sanguínea.

Benefício agregado

Para fazer homus, o grão-de-bico é amassado com tahine e azeite, que são duas boas fontes de gorduras insaturadas saudáveis. Pesquisadores de Harvard descobriram que as gorduras monoinsaturadas à base de plantas – como as de tahine e azeite de oliva – estão associadas a um menor risco de morte por doenças cardíacas e outras causas. Por outro lado, as gorduras monoinsaturadas de origem animal não estão associados a um menor risco de doenças cardiovasculares. Além disso, o azeite possui compostos antioxidantes fenólicos que parecem ter ação anti-inflamatória que ajuda a manter o coração forte.

Por ser feito com sementes de gergelim, o tahine também fornece algumas proteínas, fibras, vitaminas do complexo B, cobre, zinco e manganês.

E, a propósito, se você adicionar vegetais como cenoura, beterraba ou pimentão ao homus, você estará colocando mais alimentos ricos em nutrientes em sua dieta para maximizar os benefícios à saúde. Comer um pão sírio quente com homus depois de uma corrida difícil pode garantir carboidratos e proteínas para impulsionar a sua recuperação muscular.

Composição e cuidados

Como tudo nessa vida, há uma ressalva: é fácil exagerar na hora de consumir essa delícia. Para homus comprado em supermercado, uma porção, geralmente, corresponde a cerca de duas colheres de sopa. Com algo em torno de 70 calorias, parece ser uma opção de lanche inteligente e pouco calórica. Mas, vamos ser realistas: quem já parou em duas colheres de sopa? Para não exagerar, mantenha ingestão em cerca de ¼ xícara. Essa porção garante uma dose satisfatória de proteína, fibra e nutrientes, mas sem sobrecarga calórica.

Ao comprar homus prontos, fique atento às marcas que usam óleos vegetais mais baratos, como soja ou cártamo, em vez de azeite extra virgem, que é mais saudável. Porque isso comum. E fique de olho nos números de sódio, já que podem incluir uma quantidade surpreendente de sal. O ideal é não ter mais do que 150 mg de sódio em uma porção de duas colheres de sopa. Finalmente, examine a lista de conservantes, como sorbato de potássio, benzoato de sódio e outros itens que você nunca pensaria em adicionar ao seu próprio homus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui