13 de abril de 2021

Magnésio: um mineral vital para atletas

Em nosso corpo há, em media, de 21 a 28 gramas de magnésio, distribuídos principalmente nos ossos, músculos e tecidos. Descubra agora qual o papel este mineral desempenha em nossa saúde.

1308
0

O magnésio é de extrema importância para o bom desempenho do organismo, ou seja, para o funcionamento de vários setores, dentre os quais temos:

-Contração e relaxamento muscular;
-Funcionamento de certas enzimas do organismo;
-Produção e transporte de energia;
-Produção de proteínas.

Caso pareça pouco, o magnésio é considerado um tranquilizante natural, já que produz o relaxamento dos músculos esqueléticos, assim como da musculatura dos vasos sanguíneos e do trato gastrointestinal.

Benefícios do magnésio

Dentre alguns dos benefícios do magnésio, podemos destacar:
-Diminui a atividade dos radicais livres nas células, visto que os mesmos provocam o envelhecimento celular. Logo, o magnésio ajuda a conservar a juventude e diminui o risco de envelhecimento precoce.
-Melhora o funcionamento cardíaco. Ajuda na prevenção de espasmos das artérias coronárias e as arritmias.
-Ajuda a limpar as artérias, segundo um estudo realizado para o City of Hope Medical Center em Duarte, na Califórnia (EUA).
-Diminui os problemas da hipertensão.
-Ajuda na prevenção das complicações do diabetes.
-Mantém os ossos saudáveis.

Sintomas da insuficiência de magnésio

A insuficiência deste mineral, que é pouco comum, apresenta-se com a aparição de alguns sintomas, como a alta excitabilidade, debilidade nos músculos e sonolência.

As deficiências costumam aparecer em casos de alcoolismo crônico, cirrose hepática, problemas de absorção, vômitos severos, acidose diabética e abuso de diuréticos.
Estes sintomas, além disso, aparecem associados a outros muitos problemas, como a anorexia, fadiga e falta de memória, etc. o que torna vital que tenhamos muita atenção àquilo que consumimos diariamente e ao estilo de vida que estamos levando.
Em caso de insuficiência renal, é preciso muita cautela para evitar a retenção deste mineral.

Como consumir magnésio em nossa alimentação diária?

A ingestão diária de magnésio deve ser entre 300 e 350 mg por dia para homens e 280 mg por dia para as mulheres. As mulheres grávidas devem ingerir entre 320 a 350 mg por dia.
O consumo de magnésio é importante para a tarefa de relaxamento e contração dos músculos, o transporte de energia e a elaboração de proteínas, entre tantas outras tarefas.
Por isso, a ingestão correta deste mineral não é apenas benéfica como também vital para o funcionamento adequado de nosso organismo.
Em caso de osteoporose, é muito importante a ingestão do magnésio e do cálcio em conjunto.
O magnésio pode ser incorporado ao corpo mediante a ingestão de suplementos e alimentos fortificados com este e outros minerais e nutrientes, mas também podemos traçar um plano alimentício que contemple este elemento.
Encontraremos o magnésio principalmente nas oleaginosas, como as nozes, castanhas de caju e amêndoas, além de em feijões e ervilhas.

Podemos cobrir a necessidade diária de magnésio facilmente consumindo os seguintes alimentos:
-Uma xícara de chocolate com leite e três fatias de pão integral;
-Uma porção de carne acompanhada de salada verde;
-Uma xícara de legumes cozidos;
-Uma banana grande.

Também é recomendado incorporar o magnésio à sua dieta consumindo vegetais, já que ele pode ser encontrado especialmente em verduras de folhas verde escuras e em certas frutas.

Confira:
-Frutas: abacate, banana e uva.
-Verduras: beterraba, quiabo, batata, espinafre, couve.
-Grãos e derivados: granola, aveia, farelo de milho.
-Oleaginosas e sementes: gergelim, girassol, castanha, amendoim.

Além disso, é possível encontrá-lo em produtos e derivados da soja, como a farinha de soja, tofu, arroz e suas variedades integrais. Agora que você já conhece os benefícios do magnésio, o que está esperando para adicioná-lo à sua alimentação?

Comentários

comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui