24 de fevereiro de 2024

7 dicas de corrida em trilha à noite

5439
0

A corrida é o esporte que mais cresce no mundo. Calçar o tênis e ir para às ruas virou uma febre. Para muitos isso não é mais suficiente e as trilhas se tornaram a próxima etapa. Correr fora do asfalto proporciona a mudança de ambiente e o contato mais intenso com a natureza.
Além disso, outros grupos musculares são usados e a percepção tem que abarcar muito mais estímulos e obstáculos. O nível de dificuldade é outro. Agora acrescente a esta experiência a ausência de luz e tudo fica ainda mais intenso. É justamente isso que os atletas irão encontrar na Toroari Night Race que será realizada na noite de 30 de junho.
Para tornar a participação perfeita, nossa equipe preparou algumas dicas para correr a noite na trilha.

1- Conheça a prova que vai fazer. Regulamento, manual do atleta e videobriefing contém informações valiosas de hidratação, suporte, logística e trajeto.

2- Equipamento obrigatório: provas em trilha são realizadas em ambiente natural. Por isso as variáveis são enormes e muitas vezes é preciso estar preparado para elas.

3- Hidratação: utilize uma mochila ou cinto de hidratação para estar sempre com água disponível. Os postos de hidratação nem sempre podem ser colocados nos lugares ideais por isso é preciso estar preparado para ser atendido nos locais onde há suporte.

4- Luz é vida. Lanterna proporciona luz. Assim fica fácil entender que uma boa lanterna faz toda a diferença na sua experiência. Além da potência é importante entender que o peso do equipamento e sua estrutura também interferem positivamente ou não. Teste antes para evitar imprevistos.

5- Tênis adequados. Um bom tênis permite que o atleta tenha tração nas trilhas. O grip (garra) é importante para evitar escorregões, acidentes e vale muito o investimento.

6- Corta vento. Sem o sol a temperatura cai e dependendo da época do ano cai muito. Corta vento é uma jaqueta produzida com equipamento especial. É ideal para essas mudanças de temperatura. Seu volume é bem pequeno e pode ser levada num bolso, pochete ou mochila.

7- Treinos específicos. Correr a noite orientado por uma lanterna exige capacidades específicas. Procure um educador físico para receber orientação quanto a equilíbrio, propriocepção e desenvolver mais a agilidade.
Agora é colocar em prática essas dicas e se preparar para uma experiência muito bacana aos pés do Morro de Santo Antônio. Saia do asfalto e venha para a trilha!

Acesse o hotsite do eventos aqui e inscreva-se!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui